Além do Universo

Uma pergunta de um amigo querido,me mandando esta imagem, e me perguntando qual dos dois planetas que escolho para estar olhando com ele me fez pensar…Quantas vezes, olhando para o céu, vi meu pai se apaixonar por uma estrela, por uma descoberta, por algo de novo que ele pesquisava sobre astronomia.
Acho que os dois tem muito em comum.

Quando moramos em Santos, uma cidade litorânea, há 80 kms de São Paulo, íamos para o mar adentro, com um salva-vidas amigo da gente num bote, e chegando perto da praia, pulávamos do barco e voltávamos nadando, eu e minha irmã. Isto me trazia uma imensa sensação de liberdade, de estar dentro deste infinito universo. E fazer da vida cotidiana uma parte que se liga nestas forças universais.

Meu pai entendia bem disto, e acho que este amigo também é assim. Quando fala alguma coisa sobre os problemas que tenho, sempre relativiza muito o cotidiano complicado.
Gosto deste pensamento. Gosto de me aventurar por estes conhecimentos, que não são cotidianos, desde a mente humana, até as profundezas do universo.

A primeira vez que me surpreendi muito sobre isto, foi quando dei um curso “As forças das casas do mapa Astral”, curso onde cada participante busca o conhecimento da força inserida em cada casa no seu mapa astral. Dei este curso, junto com um sociólogo, e astrólogo, e ele me disse que a terra girava 1.700 vezes por minuto em torno de si mesma.
Senti-me como se estivesse num liquidificador em altíssima velocidade, sem perceber nada deste movimento.

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20081130144407AAydbEh
Se a Terra Gira tão rápido em torno de si mesma, porque ela demora pra completar a rotação?
Bom, todos sabemos que a Terra gira numa velocidade de 1700km/h em torno de si mesma. Se essa velocidade é tão alta, porque ela demora pra fazer a rotação? Tipo, se eu to observando as estrelas a noite, por exemplo, eu fico olhando pra uma estrela. Percebe-se que ela vai continuar parada ali durante um bom tempo. Se a Terra e a estrela realizam movimentos independentes, e a Terra gira muito rápido, aquela estrela não deveria sumir rapidamente? OBRIGADO.
Melhor resposta – Escolhida por votação
A olho nú demora mais para perceber a rotação da Terra, mas experimente fixar uma luneta na Lua ou numa estrela…

Esta “grande velocidade” é simples de calcular a partir da própria rotação da Terra. Sabemos que a Terra dá uma volta por dia, isto é, uma volta a cada 24 horas. Também podemos calcular a circunferência da Terra na linha do equador e ela vale 40 mil km. Basta fazer uma conta: 40 mil km/ 24 horas = 1666 km/h na linha do equador. Esta velocidade linear diminui a media que a circunferência diminui, isto é, na medida que vamos nos aproximando dos pólos terrestres (paralelos com circunferências cada vez menores). A questão é que a velocidade angular é sempre a mesma, uma volta por dia.

O céu que observamos de um horizonte ao outro tem 180 graus de extensão, assim, uma estrela, planeta, ou Sol, ou Lua demoram metade de uma volta (360 graus) para viajar de um horizonte ao outro, isto é 12 horas.

Eu senti,  que a gente vive num universo micro, que não conectamos com este universo macro, e que estamos sempre dando uma de criança, como se nada do que acontecesse ao nosso redor fosse realmente importante.

No meu artigo, extraído do livro que vou lançar “ Reinações de Nina, no mundo da Imaginação” vejo que nossa criança interior, fica sempre bloqueada na vida cotidiana, porque não damos conta de perceber como somos este grãozinho de areia, no mundo da imaginação.. E também no universo. Sofremos com a vida cotidiana, sem nos darmos conta desta força imensa que temos dentro de nós, e que nos faz ser apenas um grãzinho de areia neste universo infinito.
É engraçado, não?

Como o mundo fica pequeno, quando olhamos o universo,
Como ficamos perdidos, quando olhamos para o mundo que cabe em nossa imaginação, Dela pode sair um mundo novo, todo dia!!! Dela podemos fazer a diferença no mundo, quando podemos pensar em nós mesmos, e pensar nos outros que estão ao nosso redor!!!

O mundo da imaginação, desde a época dos gregos, imagina todo este conhecimento, que pelo que parece este amigo conhece e gosta, e eu também…
A criança que deixamos de lado, em nossa vida cotidiana é responsável por esta pesquisa, por estas inquietações que nos fazem ir atrás de respostas, tanto para aprender o universo, como também, ir além do universo, no mundo da imaginação, e ver o mundo que se transforma a partir desta conexão de mundos, que se tocam, se entremeiam, e fazem da realidade um mundo melhor!!!

Como não entendo nada de astronomia, fica minhas incursões no mundo da imaginação: meus livros, meus escritos, meu mundo de intimidade…
Amo, quando alguém faz perguntas, que me remetem a tantos lugares, que já visitei, e me fazem escrever…

(*) Este texto  poderá ser utilizado de forma integral em outros veículos desde que se mantenham a autoria e a forma de contato www.alemdooceano.wortpress.com

 

Anúncios

3 comentários em “Além do Universo

  1. Alvaro Sertano”SÉCULO XXI – 2010″!

    SÉCULO XXI – 2010!

    “Em pleno século XXI, mantemo-nos sob coação centenárias na política traditória, em singular influência de mísera escravidão. Indefesos angularmente e vetados sócio-econômico-cultural de desenvoltura à progressão humano-político-optante.”
    A transição de ontem para hoje, traria uma abertura para a renovação republicana democrática e esperança nobre de justiça básica de direitos, voltada para um módulo desconexo.
    Mais do que nunca, se viveu num trâmite e acatada índole defensiva pela libertação dum reprimido excesso regimentar, de forma que a nível nacional e respaldo ativo integral, não absorveu-se, o direito de ser e respeito mútuo.
    O proclame ao pudor atinge um ápice de indefeso processo dirigível ao meio tempo, num interditar de perdure à opressão.
    A dignidade humana na prepotencia política de atuais..anteriores, sequenciando autos,imppondo versatilidades, ilustrando mudanças prévias, divisando normas, o parecer na forma de constituinte, fundindo-se à manifestação unilateral, sem grandeza de respeito ou unânimidade.
    E na efetiva do irreal, a consciência do consenso público desqualifica aos déspotas, pela mão solidariedade, faltosos compromissos, etc. e alerta-os para a incoveniencia e implementação de falsas posturas.
    Até agora, não há no mínimo uma apregoação simpática a toda politiquice, na sinceridade do cumprimento funcional em todo o decurso perecedor via regime imposto mantenedor e persistente, na demagôga e absurda fantasia para tal.
    O incomum acontece na desvirtuação paralela do interno cupulista. A prepoteência impetra o martírio, o abandono, a miséria…
    Assim, escala-se o pé do topo propagado ao pedestal. Iniciando portanto, de mais a mais, o agrave. Desalentando até a maior perseverança, que carente de recomposição afaga devaneios de morosas resultancias, para efeito da desilusão.
    O aditivo simples, simpático e paliante, é fluxo do fluir e verter contemplativo indefinível, às características se emanam e defrontam-se ao oblíquo e concretismo.
    E o confronto desaprimora, retarda, como base de prosseguir.
    Não há lei sem razão, ou razão sem lei.
    Cada consenso unificado seria a vazão de plenitude e visibilidade para a retomada.
    Como qualquer ética ou terminologia, a nova república relevante, revela teoricamente teses emigradas com equiparações aos indesejavéis momentos históricos aterrorizantes e agônitos ao alheio. E faz-se ao reinvidicado pudor popular; tornando assim esperante e virtuosa reforma senso-humana, atrelada ao incomum desfecho impetrado, por omissão representativa da confiança traida, ao gesto unânime.
    Associam-se ideologias, divergidas ações, enfatizando a mesmice, sobretudo, o lado adicional para o efetuado marasmo.15/04/85
    Simpatizarmos com indolências mistifica referência recessiva indigna.
    Autônomos da vida, pertence-nos VIVER! Pertence-nos viver, passo-a-passo, lado-a-face, rumo a conciliação conclusiva afora a hipocrisia.

    Alvaro Sertano!

    Publicado no site: O Melhor da Web em 18/09/2010
    Código do Texto: 64122

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s