Publicado em COTIDIANO, História, práticas sociais

Surpresas de uma mãe de primeira viagem

debaixo-do-mar-www-hypeness-com-br

Quando minha filha nasceu eu era mãe de primeira viagem que nunca tinha visto ninguém ter filhos perto de mim. Então eu não conhecia nada de perto.

Tinha feito uma preparação para o parto e todas as consultoras me diziam para ter parto normal que era muito melhor.

Eram 5.30hs da manhã quando eu comecei com uma dor nas costas esquisita. Embora ainda não estivesse nos dias de ter, já estava com o bebê encaixado, segundo o médico e poderia ser a qualquer momento. Faltavam duas semanas para completar as 38 semanas normais. Então não liguei muito para a dor e comecei a fazer o café da manhã, como sempre. Meu marido saiu às 6.30hs como de costume e eu fui fazer as tarefas normais.

Começaram as dores e a barriga endurecendo. Agora eu já sabia que era hora. Liguei pra faculdade do telefone da vizinha e pedi para o meu marido voltar (não existia celular na época). Minha mala já estava pronta. Mas o parto seria em Campinas, hospital que tínhamos convênio médico. E eu estava em Piracicaba. Quando meu marido chegou saímos voando para o Centro Médico de Campinas, em Barão Geraldo.

Durante a viagem minhas dores começaram a diminuir o espaço de tempo e eu falava para o meu esposo para ele apertar o passo porque o neném ia nascer na estrada.

Ele corria mais do que nunca. E o guarda inventou de parar pelo excesso de velocidade. Foi um susto danado. Quando ele viu que o bebê estava nascendo nos deu proteção e foi na frente abrindo caminho.

Nessa hora eu sosseguei. Sabia que se precisasse teria ajuda do policial.

São momentos onde é tão importante ter gente que saiba o que fazer. É só assim que uma grávida se sente segura para ter o bebê. Eu havia feito a preparação do parto e aprendi a fazer a respiração de cachorrinho. Isso me deixou sem aquela dor terrível que as mulheres sentem.

Chegamos eram 7.35 em Campinas no Hospital. Eu estava com 8 dedos de dilatação e o médico me esperava. Fui colocada direto para a mesa de cirurgia.

A bebê nasceu às 8.00 horas da manhã.

O médico fez a episiotomia, o corte que ajuda a sair o bebê. Tudo foi tão rápido que não me lembro da força que tive que fazer para sair o bebê. O parto foi sem anestesia. Mas recordo da imagem mais linda que eu tenho gravado na memória. Quando colocaram a bebê no meu colo, após o parto ela levantou a cabeça, como que querendo olhar o mundo todo, olhou de um lado, virou o pescoço, olhou para o outro lado e só depois descansou a cabeça no meu colo. Todos aplaudiram e riam do feito dessa menina que já nasceu com a gana de conhecer o mundo.

Nessa hora o médico já estava me costurando com pontos que depois inflamaram e eu tive que tomar antibióticos e passar remédios para desinflamar.

Foi nesse momento que o médico perguntou se já sabíamos o nome da bebê. E ele disse que ela tinha carinha de Izabela. Assim foi batizada a bebê mais linda do mundo.

Nessa hora o que me valeu, além de todo o treinamento foi a mão amiga do meu marido e do meu médico de confiança. Eles entenderam toda a urgência da situação e me deixaram confortável e confiante de que daria tempo de chegar ao hospital.

Tudo feito com grande correria, mas a tempo de ter essa criança linda que emocionou a todos deixando sua marca desde o nascimento.

Histórias como essa que eu contei hoje, vocês poderão ver muitas aqui neste blog. 

#mãe de primeira viagem 

#liagiannechini

#caricreare 

#maternidade 

 

 

 

Anúncios

Autor:

Lia Helena Giannechini Nasceu na cidade de São Paulo, Brasil. Viveu sua primeira infância no Bairro de Santana, residindo em Santos em sua adolescência, onde estudou no Colégio São José, compondo as primeiras poesias, com a influência de J. G. de Araujo Jorge, nos anos 60. A formação humanista, leva a escolha da profissão de psicóloga. Mora atualmente em Piracicaba, realizando um trabalho como Coaching Social e empresarial, donde nasce a experiência para o livro atual. É autora de um livro de contos, Doido, Eu? Editora clube dos autores, 2012, sobre mendigos e andarilhos, diversos artigos sobre psicologia e o Blog www.alemdooceano.wordpress.com, com todas as poesias e artigosque escreveu. Co-autora do livro Poesias Contemporâneas da Editora Matarazzo,de junho de 2016, com duas poesias inscritas. Sua primeira incursão no mundo das poesias. https://www.skoob.com.br/poesias-contemporaneas-ii-605894ed605932.html Foi convidada por Sylvio Rey Reboledoa ministrar os cursos de introdução ao psicodrama, para lideres comunitários em Cali, Colômbia, pela Casa de Justicia de AguaBlanca, onde recebeu o título de cidadã benemérita em Ginebra, Vale delCauca, pelos serviços prestados à comunidade, que a recebeu de braços abertos em 2010. Já ministrou diversos cursos próprios, como Mitologia Pessoal e a Roda do Zodíaco, Além da Extensão da Mente: Oficina de Criatividade, Mitologia Pessoal – oficina de desenvolvimento humano. Oficina de Coordenação e Desenvolvimento de Grupos, Oficina de Criatividade. Trabalhou como consultora de treinamentos, em empresas como Gerdau e Engebrás. É autora de diversos artigos para o Jornal de Piracicaba de 1985 a 1987. Seu trabalho atual como Coaching prepara o jovem adulto para empreender e transformar seu conhecimento em um negócio próprio, além de desenvolver fases para consolidar as carreiras de jovens profissionais. Seu trabalho com escritora desenvolve projetos com equipes da comunidade. Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo. Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s