Amores Infindos/ música e voz Adalton Miguel/ Letra Lia Helena Giannechini

Amores Infindos

Senta ao lado deste teu eu, tão desfalecido

Que lhe foi entregue ao nascer…

Deixa seu braço pousar

Em suas pegadas,

E debruça-te por sobre

Estas conexões invisíveis,

Que te trazem tantos presentes..

De gente tão desconhecida..

Eles afagam teu coração,

Que a alma não se distraia…

Puxando da vida os sabores

Que são tão raros de viver.

Põe-se ao lado desta tua alma,

Deixa o pranto escolher seu manto

E na alma que afaga seu coração

Traz, na medida da sua voz

O alento de seu encanto…

Canta por fim sua melodia

Que um dia chegará ao fim..

Deixa seu rastro

Neste mastro de realezas

Que as bandeiras empunhadas

Trazem ao céu..

Teu céu,

De teus amores infindos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s