Casa de sonho / Lia Helena Giannechini


Pareceria: poesia inspirada nesta  imagem de Melina Vaz Picardi

Sonha sonhando,

Sonha acordando,

Sonha rosnando

Um brado sem fim..

 

 Menina que sonha

Um sonho desperta

Na voz de uma mãe

Que já não pode silenciar

 

Saída das cinzas

Nasce esta casa

E lá nas alturas

Deixa-me  voar..

 

Pedaços de tiras

Nas nuvens espreitam

O sonho que jamais

Poderá enlouquecer

 

Desce a rua

Como quem desce os degraus

A casa se empurra

Para o dorso do céu

 

Nada mais errante

Que esta amargura

Que tanto sofrimento causa

A quem de direito reclama

Seu bem delapidado..

 

Casa de papel ,

 

Revela este tombo

De voar para o céu..

E lá do alto

Não sair jamais.

 

Nem descer nem subir..

Apenas aconchegar

Neste sonho

Desta casa de papel…

3 comentários sobre “Casa de sonho / Lia Helena Giannechini

  1. Oi Lia,
    Li o poema e assisti o vídeo do Toquinho, achei maravilhoso tudo e a imagem que se formou na minha mente me levou a lembrar outra música, também do Toquinho
    “Numa folha qualquer
    Eu desenho um sol amarelo
    E com cinco ou seis retas
    É fácil fazer um castelo…”

    Talvez por meu jeito de ser otimista…

    bjo
    Su

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s