Publicado em poesias

Para um dia poder viver / Lia Helena

Para um dia poder  viver

Escrever de paixão..

Nas tantas páginas visitadas

Percebo um pouco como se sente..

Quando desvenda o que escrevo..

E te ponho em contato com meu mundo..

Cheio de gozo e prazer..

Escritores desnudam a alma humana..

Mas alheios a si mesmo..

Não revelam sua essência..

E quando o fazem..

Nem sempre se entregam à sua própria  paixão..

Eu sou assim..

Entregue em cada momento..

Ao que faço e ao que sinto.

Vivenciando em meu coração..

As cores da paixão.

Que colorem meu dia.,

Talvez por isto eu sofra..

Com tudo o que me acontece.

Pois todo dia tem sempre o colorido..

Que me completa o sentir..

E faz-me entregar..

Meu sorriso ou lágrima..

Em cada momento que vivo…

E você de longe acompanha..

Os passos desta oferenda  

Saem do peito rasgado.

Na emoção que desabrocha

Em nosso caminhar tão separados,

Nossa alma se toca.

E nosso corpo delira..

Em tempos de nossa entrega..

Mesmo que sonhados

No suor e nas lágrimas

Faz-se de nossos cantos..

E no recôndito mais nobre

De nosso coração ardente

Segue em frente nosso olhar..

Com a vida que afrontamos..

Nesta vida tudo se transpõe..

Apenas levamos as reminiscências..

Que ficam em nossa recordação.,

Quando há entrega

Como fazemos em nossos corações

Você pra mim..

Faz meu dia ser mais luminoso..

Faz meu caminhar ter um sentido de sol

E nossos corpos

Amantes á distância se descobrem

E se deleitam do néctar..

De tantos aberturas conquistadas

Da intimidade partilhada..

Poder um dia viver

O que há de bom em nossos corações.

 

Anúncios

Autor:

Lia Helena Giannechini Nasceu na cidade de São Paulo, Brasil. Viveu sua primeira infância no Bairro de Santana, residindo em Santos em sua adolescência, onde estudou no Colégio São José, compondo as primeiras poesias, com a influência de J. G. de Araujo Jorge, nos anos 60. A formação humanista, leva a escolha da profissão de psicóloga. Mora atualmente em Piracicaba, realizando um trabalho como Coaching Social e empresarial, donde nasce a experiência para o livro atual. É autora de um livro de contos, Doido, Eu? Editora clube dos autores, 2012, sobre mendigos e andarilhos, diversos artigos sobre psicologia e o Blog www.alemdooceano.wordpress.com, com todas as poesias e artigosque escreveu. Co-autora do livro Poesias Contemporâneas da Editora Matarazzo,de junho de 2016, com duas poesias inscritas. Sua primeira incursão no mundo das poesias. https://www.skoob.com.br/poesias-contemporaneas-ii-605894ed605932.html Foi convidada por Sylvio Rey Reboledoa ministrar os cursos de introdução ao psicodrama, para lideres comunitários em Cali, Colômbia, pela Casa de Justicia de AguaBlanca, onde recebeu o título de cidadã benemérita em Ginebra, Vale delCauca, pelos serviços prestados à comunidade, que a recebeu de braços abertos em 2010. Já ministrou diversos cursos próprios, como Mitologia Pessoal e a Roda do Zodíaco, Além da Extensão da Mente: Oficina de Criatividade, Mitologia Pessoal – oficina de desenvolvimento humano. Oficina de Coordenação e Desenvolvimento de Grupos, Oficina de Criatividade. Trabalhou como consultora de treinamentos, em empresas como Gerdau e Engebrás. É autora de diversos artigos para o Jornal de Piracicaba de 1985 a 1987. Seu trabalho atual como Coaching prepara o jovem adulto para empreender e transformar seu conhecimento em um negócio próprio, além de desenvolver fases para consolidar as carreiras de jovens profissionais. Seu trabalho com escritora desenvolve projetos com equipes da comunidade. Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo. Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo.

5 comentários em “Para um dia poder viver / Lia Helena

  1. docinho como voce está açucarada!!! meu medo é ficar diabético ,
    de tão doce que voce está. sabe naquele dia que eu te conheci?
    faltou pouco para eu te agarrar e te dar um beijo de:”NOVELA DAS
    OITO”de te deixar sem fólego, ufa! que gostoso!! ainda vou realizar
    este sonho, há! se vou.
    a tua poesia é tão doce, que hoje eu vou dormir melado e sonhar com umas frases lindas da tua magnífica e bela poesia.
    só mais uma coisa, eu te amo de montão,meu doce!!!
    uma beijocona na tua boca!
    miguelzinho

    Curtir

  2. Miguelzinho da Vila você é meu herói e quando te faço de pai, quero esta sinceridade que te acompanha, que me encanta e renova cada dia a esperança de eu sempre estar conectada com gente como você. Que gosta de poetar, que sente o outro, na vida e no mundo, e aplaude sempre que uma coisa toca seu coração. Sou assim, mas vejo que você também é assim!!!!É uma honra pra mim teu nome estar entre os que aqui deixam um pouco de sua marcas. Marcas que me deleitam.. Bom vou parar por aqui, porque ja deu vontade de poetar.. mas esta vai por e mail ok? beijus

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s