Publicado em poesias

Recomeçar/ Gabriel Duarte

RECOMEÇAR
 
De tanto correr
De tanto passar
De tanto querer ter
De tanto procurar
De tanto vencer
De tanto perder
De tanto amar
De tanto sofrer
De tanto Sonhar
 
Mudei-me para o lugar
E o tempo da ternura
 
Para recomeçar..
Gabriel Duarte

Gabriel Duarte, é economista e  escritor português, de Lardosa,  autor da obra ”o sistema fiscal português face á integração européia” Editora Imprensa  Nacional, 1984 

Anúncios

Autor:

Lia Helena Giannechini Nasceu na cidade de São Paulo, Brasil. Viveu sua primeira infância no Bairro de Santana, residindo em Santos em sua adolescência, onde estudou no Colégio São José, compondo as primeiras poesias, com a influência de J. G. de Araujo Jorge, nos anos 60. A formação humanista, leva a escolha da profissão de psicóloga. Mora atualmente em Piracicaba, realizando um trabalho como Coaching Social e empresarial, donde nasce a experiência para o livro atual. É autora de um livro de contos, Doido, Eu? Editora clube dos autores, 2012, sobre mendigos e andarilhos, diversos artigos sobre psicologia e o Blog www.alemdooceano.wordpress.com, com todas as poesias e artigosque escreveu. Co-autora do livro Poesias Contemporâneas da Editora Matarazzo,de junho de 2016, com duas poesias inscritas. Sua primeira incursão no mundo das poesias. https://www.skoob.com.br/poesias-contemporaneas-ii-605894ed605932.html Foi convidada por Sylvio Rey Reboledoa ministrar os cursos de introdução ao psicodrama, para lideres comunitários em Cali, Colômbia, pela Casa de Justicia de AguaBlanca, onde recebeu o título de cidadã benemérita em Ginebra, Vale delCauca, pelos serviços prestados à comunidade, que a recebeu de braços abertos em 2010. Já ministrou diversos cursos próprios, como Mitologia Pessoal e a Roda do Zodíaco, Além da Extensão da Mente: Oficina de Criatividade, Mitologia Pessoal – oficina de desenvolvimento humano. Oficina de Coordenação e Desenvolvimento de Grupos, Oficina de Criatividade. Trabalhou como consultora de treinamentos, em empresas como Gerdau e Engebrás. É autora de diversos artigos para o Jornal de Piracicaba de 1985 a 1987. Seu trabalho atual como Coaching prepara o jovem adulto para empreender e transformar seu conhecimento em um negócio próprio, além de desenvolver fases para consolidar as carreiras de jovens profissionais. Seu trabalho com escritora desenvolve projetos com equipes da comunidade. Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo. Atualmente faz parte do clube caiubi de compositores, onde alguns parceiros musicam suas poesias, transformando a experiência de letrista, em um processo novo e criativo.

2 comentários em “Recomeçar/ Gabriel Duarte

  1. Gabriel, para surpresa minha, os comentários sobre Pseudo Enigma, colocado pela Lia em seu (dela) Blog, no qual ela colocou nosso hino cantado pela Fafá de Belém, recebeu comentários apenas sobre o hino, não leram a letra que escrevi há seis anos atrás, durante uma chatíssima reunião de escola, ao achar, debaixo da carteira escolar em que estava, um caderno com nosso hino na capa. Gostaria de receber um comentário seu, pois a Lia diz que você acha que os brasileiros são apressados, querem tudo já. Eu, não sou tanto, espero desde que coecei a enteder e a receber mensagens como Brasil Pais do Futuro. Espero, no mínimo Há sessenta anos.

    Curtir

  2. José,

    Sou economista e em tempos fui até assessor do Governo Português.
    Em minha opinião o Brasil começou uma fase de desenvlvimento económico que se prolongará por vinte ou trinta anos até estarem safisfeitas as necessidades de habitação dos brasileiros.Foi assim nos países desenvolvidos,Portugal incluido.
    è o sector da consrução que vai e está ja a puxar.O dinheiro virá, agora que o Brasil deixou de estar superendividado
    Muito do investimento será feito por extrangeiros, e actualmente o mundo tem osolhos postos no Brasil. è o que leio diariamente em muitas publicações estrangeiras.
    Eu sei que o Governo ainda está a investir pouco no “capital humano”,
    mas estou certo que a seu tempo terá de dar mais atenção á educação, geral e técnica.
    Claro que a educação não melhorará sem incentivar os professores, que no seu país São muito muito muito mal pagos.
    Tem de ser, e nós dizemos aqui que o que tem de ser tem muita força.
    Sei bem que estão cansados de esperar, mas eu acredito no que vejo e leio e acredito na minha ciencia.
    Um abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s